"Vou passar pela vida só uma vez: por isso, qualquer coisa boa que eu possa fazer ou, alguma amabilidade a algum ser humano, devo fazer agora, porque não passarei de novo por aqui." (Md.Tereza de Calcutá)

Seguidores

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Alguém especial...

Este é meu marido, a quem agradeço a muitos momentos bons de minha vida, meu companheiro nos momentos mais diversos,  que sabe com sabedoria conviver com meus momentos de mau humor, de infantilidade, de ansiedade, que tenhamos um ano de muita paz junto aos nosso filhos, familia e amigos.

5 comentários:

So artes disse...

Oi Mi, tudo bem minha querida?
Que lindo texto de inicio de ano...vamos mesmo, estender as nossas maos a quem delas necessitam e sabe porque? quem ganha somos nós...sim, qd plantamos amor..colhemos amor :)
Obrigada pelo lindo comentario, viu? Nao sou tao organizada assim nao, mas para esse ano resolvi colocar em pratica...fica mais fácil achar as coisas :)
E aquela foto dos tecidinhos organizados é um sonho....esse ano espero conseguir arrumar os meus assim :)
beijinhos querida e tenha um lindo dia junto com o maridao!
So *Ü*

Eli disse...

Olá Mirian, agradeço o carinho por ter lembrado do aniversário da minha pequena. Um abraço,
Eli

Ju disse...

Oi Mirian, obrigada pelo carinho viu..´parabéns pro maridão...bjos!!

Artes da Gi disse...

Oi Mirian,
Visitei seu blog e achei uma graça as postagens e a simpatia da dona.
Vc é muito criativa, organizada e atenciosa.
Não sei ainda organizar o meu bem bonitinho assim, o q tem foi no rumo, rsrsrsr. Não tenho tido muito tempo para manutenção dele, é uma pena, pois é uma atividade que gosto muito. Faço arte como terapia, preciso disso! Trabalho bastante e o artesanato me ajuda (como válvula de escape).
Você é de Marília??? Eu de Assis.
Um otimo ano a voce e aos seus.
Beijinhos,
Gi.

Artes da Gi disse...

Oi Mirian,
Visitei seu blog e achei uma graça as postagens e a simpatia da dona.
Vc é muito criativa, organizada e atenciosa.
Não sei ainda organizar o meu bem bonitinho assim, o q tem foi no rumo, rsrsrsr. Não tenho tido muito tempo para manutenção dele, é uma pena, pois é uma atividade que gosto muito. Faço arte como terapia, preciso disso! Trabalho bastante e o artesanato me ajuda (como válvula de escape).
Você é de Marília??? Eu de Assis.
Um otimo ano a voce e aos seus.
Beijinhos,
Gi.